João Alfredo, Amigo da Criança

A cidade de Fortaleza acaba de fazer sua adesão ao Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC), da Fundação Abrinq. A iniciativa veio do candidato João Alfredo (Psol), que assinou um termo de compromisso para o cumprimento de ações voltadas à proteção dos direitos da criança e do adolescente na cidade, caso seja eleito. Desde que teve início o período eleitoral, a Fundação Abrinq vem coletando assinaturas de candidatos e candidatas às Prefeituras de todo o País para que eles façam adesão ao programa. 
Desde que teve início o período eleitoral, a Fundação Abrinq vem coletando assinaturas de candidatos e candidatas às Prefeituras de todo o País para que eles façam adesão ao programa. O Prefeito Amigo da Criança está na sua sexta edição e estabelece metas à cidade e oferece suporte às Prefeituras com o objetivo de traçar um plano de ação para o cumprimento dos compromissos. O Programa orienta o município desde a elaboração de diagnóstico até a apuração do orçamento, oferecendo consultorias. Os prefeitos que ao final do mandato conseguem cumprir suas metas recebem o Prêmio Prefeito Amigo da Criança.
Para alertar os eleitores e engajar candidatos a se tornarem Prefeitos Amigos da Criança, a agência J. W. Thompson elaborou uma inteligente e bem humorada campanha publicitária chamada #NãoVaiTerColo. O tema faz referência aos candidatos que pegam crianças no colo durante suas campanhas eleitorais. Muitas vezes, essa é a única coisa que fazem por elas, depois de eleitos. Por isso, enquanto os candidatos não assinarem o compromisso com a saúde, educação e proteção das crianças, não vai ter colo! 
O rapper Rappin Hood é um dos apoiadores da causa. Pelo site <www.prefeitoamigodacrianca.org.br>, é possível baixar as peças de marketing da campanha #NãoVaiTerColo e compartilhar vídeos, notícias e mensagens do Programa Prefeito Amigo da Criança nas redes sociais. Lá, também é possível realizar uma busca para descobrir quais os candidatos que já fizeram sua adesão ao PPAC. 
“Os municípios brasileiros têm papel central na execução das políticas sociais, cabendo-lhes garantir uma educação de qualidade, os serviços básicos de saúde e a proteção a que todas as crianças e adolescentes têm direito", afirma Carlos Tilkian, presidente da Fundação Abrinq.
Sobre a Fundação Abrinq - Criada em 1990, a Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes. Tem como estratégias: o estímulo responsabilidade social; a implementação de ações públicas; o fortalecimento de organizações não governamentais e governamentais para prestação de serviços ou defesa de direitos de crianças e adolescentes.

Comentários